Páginas

sobre

Como vocês podem ler no meu perfil na lateral direita do blog, eu sou formada e especializada em comunicação, com ênfase em cultura e arte. Já escrevi para alguns sites, blogs e publicações pequenas sobre cinema, livros e HQ's. Faço freelas de edição de vídeo e imagem também. Atualmente trabalho na Prefeitura Municipal de Piraquara e sou revisora e redatora freelancer. Mas não fiz nada de realmente notável em 26 anos de vida, sinceramente. 

Há muitos anos eu tento escrever um livro, mas nunca sigo em frente com ideia nenhuma. Meu computador está repleto de tentativas de romances. Tenho vários rascunhos e fragmentos de contos e crônicas que talvez, um dia, eu consiga terminar. Isso se deve ao fato de eu ser muito perfeccionista e exigente comigo mesma.

Cometo erros absurdos, tenho fraquezas ridículas e sou tão pateticamente sensível que nem quero começar a falar sobre isso.

Tenho várias obsessões estranhas e hobbies esquisitos. Acompanhar a Oscar Race durante o ano todo é um deles. Mesmo que eu passe a vida falando mal da politicagem e de grande parte dos vencedores do Oscar.

Não saio do cinema, sou viciada em séries, blogueira por paixão e x-maníaca. Tenho como motivo de orgulho minha preciosa coleção de HQ's. 

Coleciono marcadores de páginas, chaveiros e histórias em quadrinhos. Coleciono momentos também. Instantes ideais. Os segundos perfeitos. Tenho anos favoritos. 2003, 2006 e 2009 são alguns deles. Mas 2006 é imbatível.

Também sou dada a obsessões transitórias que duram uma, às vezes duas semanas. Alguma série, algum filme, algum disco que assisto/ouço compulsivamente durante alguns dias e depois desapego (não deixo de gostar, só o vício que acaba). Usei séries, filmes e discos como exemplos, mas a verdade é que pode se tratar de qualquer coisa.

Minha vida está dividida entre antes e depois que li O Encontro Marcado de Fernando Sabino e Harold & Maude de Colin Higgins. Dois dos livros mais belos do mundo. Sinto uma profunda e irreversível saudade de emissoras de televisão extintas como a Rede Manchete e o Canal 21. Também sou nostálgica em relação à década de 90 e, às vezes, acho que fiquei por lá.

Adoro filmes, mas tenho uma tendência a gostar mais de adaptações de quadrinhos (tanto comerciais quanto alternativas), filmes adolescentes melancólicos como A Lula e a Baleia, As Virgens Suicidas, Impulsividade e Donnie Darko e sci-fi's distópicos como Blade Runner, Ghost in the Shell e tantas obras do David Cronenberg. Acho que tudo que vem do Studio Ghibli é maravilhoso e morro de amores por Paprika

Já perdi muita gente na minha vida e sinto falta de quando os meus não morriam. Tenho vários grupos de amigos, mas não consigo evitar a sensação horrível de me sentir extremamente solitária em alguns momentos. Já realizei sonhos de infância e outros tantos naufragaram de maneira gloriosa. 

Sou completamente louca pelo meu sobrinho e contribuo muito para a sua formação nerd. Tenho orgulho em dizer que fui responsável pela sua atual obsessão pelo Homem-Aranha e não vejo a hora de ele pegar o primeiro livro de Harry Potter pra ler. Harry Potter é uma das minhas maiores paixões. Só não é maior do que a que sinto por X-Men. Posso passar o dia inteiro dissertando sobre os mutantes criados por Stan Lee sem me importar se estão realmente me ouvindo ou não. 

Também sou uma grande fã de Jogos Vorazes. Tenho e li todos os livros e vivo revendo os filmes. Descobri recentemente que está na minha lista de vícios saudáveis. Também descobri recentemente que o duo Leo Fitz e Jemma Simmons, mais conhecidos como FitzSimmons, da série Agents of S.H.I.E.L.D é a melhor dupla/casal(?) da televisão desde Mulder & Scully.

Aquela noite em que vi Arquivo X pela primeira vez na Rede Record me transformou no ser apaixonado por séries que sou agora.

Gosto de pessoas bem-humoradas e sarcásticas, adeptas da fina ironia. Acho que o humor é realmente o traço mais acentuado das pessoas verdadeiramente brilhantes. Me sinto bem melhor depois de ver um episódio de Doug e creio que não existe melhor remédio para a depressão do que uma boa maratona de Os Simpsons ou ler O Guia do Mochileiro das Galáxias.

Nada de interessante, mas é isso o que eu sou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário