Páginas

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

[Fashionismo nerd] Agent Carter e a moda e estilo dos anos 40


Quem diria que o post sobre o estilo da personagem Jemma Simmons de Agents of SHIELD se tornaria um dos mais lidos deste blog? E é por essas e outras que eu decidi falar do vestuário de outras personagens das séries da Marvel. A segunda heroína do estúdio a estrelar a seção fashionismo nerd é Peggy Carter.

A primeira aparição da personagem ocorreu na telona, em Capitão América: O Primeiro Vingador, début da nova versão do herói nos cinemas. E ali ela já mostrava ser uma personagem forte, determinada e cheia de personalidade, muito mais do que apenas o interesse romântico do herói. De lá pra cá, Peggy fez uma ponta na série Agents of SHIELD (em um flashback), apareceu já mais velha na sequência Capitão América 2: Soldado Invernal, no longa do Homem-Formiga e, claro, passou a protagonizar seu próprio show na emissora norte-americana ABC: Agent Carter, tido primeiramente como um spin-off de SHIELD, a série se concentra nas perigosas missões ultra-secretas que a destemida agente encara em plena década de 1940, contando com coadjuvantes de peso como Howard Stark (o pai de Tony Stark, o Homem de Ferro) e seu mordomo Jarvis (um excelente alívio cômico), dentre outros. Ela transmite ótimas mensagens feministas sem soar politicamente correta demais (ou seja, chata demais) e, não à toa, se tornou a heroína mais rentável da Casa das Ideias. Merecidamente.

Mas o foco aqui é mesmo o estilo da personagem que não pode ser classificado nem como retrô e nem como vintage, visto que são termos que se aplicam aos looks usados atualmente com alguma inspiração das décadas anteriores, isto é, quando se resgata o estilo de épocas passadas, quando se usa acessórios e roupas pertencentes a outros tempos. Peggy vive nos anos 40 e se veste de acordo com a moda da época. 

É necessário apontar que a Segunda Guerra Mundial foi de um impacto tamanho para a moda da década de 1940. As roupas se tornaram mais simples, minimalistas e práticas, devido ao fato de as mulheres adentrarem o mercado de trabalho e em parte também por conta do racionamento de tecidos após a guerra. Elas passaram a usar saias um pouco mais curtas, até o joelho, sem os babados e pregas de outrora. Também aderiram aos saltos baixos.

Uma vibe noir combinada ao clima das comics
Os figurinos trazem uma inegável elegância à Peggy que costuma combinar charmosos ternos riscas de giz com sofisticadas saias lápis e camisas button down, um item atemporal. E, claro, não tem como não citar os vestidos clássicos sob medida, super bem cortados. A variedade de ângulos e formas para as golas e lapelas utilizadas pela personagem, os cortes simétricos e cores vivas definem seu estilo. A harmonização das peças no vestuário da agente é de encher os olhos. 







 

Há uma evidente influência do militarismo e patriotismo americano em seu estilo. Evidente, sim, mas não chamativo ou extravagante. A predominância das cores vermelho, azul e branco em seu guarda-roupa é uma prova. O uso de listras também denuncia isso e é bem constante em seus looks. Ora mais sutis, ora mais notórias. 

Seus sapatos possuem saltos baixos e tiras finas, sempre de cores discretas e em harmonia com o restante do conjunto.


Dentre os acessórios utilizados, não posso deixar de destacar o chapéu vermelho, sua marca registrada e certamente o item mais extravagante de seu figurino. Mas, ainda assim, condizente com suas roupas e personalidade. Sem mencionar que, na época, chapéu era um acessório muito comum no guarda-roupa feminino. Quase indispensável. Hoje, não é mais. 


Para terminar, o cabelo castanho de Peggy está sempre lindo, geralmente solto, com ondas suaves e sua maquiagem é bastante leve e sutil, exceto obviamente pelo irresistível batom vermelho, sempre marcando presença. 





Profissional, patriota, feminina, feminista, elegante e destemida. Todas essas características se aplicam à personagem e se refletem em seu figurino. 



A série se encontra atualmente em sua segunda temporada, sendo transmitida pela ABC. Vida longa à Agent Carter! :)


*Salut*

Um comentário:

  1. Adorei o post! Bem diferente e explicativo.
    Bom final de semana.

    http://jj-jovemjornalista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir