Páginas

sexta-feira, 26 de junho de 2015

[Fashionismo nerd] Sobretudo na cultura pop


Vem chegando o verão, o calor no coração…

Mentira! É hora de tirar esse clássico da Marina Lima da playlist, porque o inverno está aí. Agora é momento de repetir o lema da Casa Stark de Game of Thrones: "The winter is coming". O que é outra flagrante mentira, visto que o inverno começou há dias...

Bem, por estas bandas não faz muita diferença, já que em Curitiba são 360 dias de inverno rigoroso e nos cinco que restam vivemos uma combinação de todas as estações, de modo que somos obrigados a usar todo o nosso guarda-roupa (dentre trajes de calor e frio) na mesma semana. Quando é ano bissexto, no 366º dia faz sol, mas chove pela tarde. 

Exageros à parte, o fato é que chegou a hora de tirar o tradicional sobretudo de dentro do guarda-roupas. Amo sobretudos. Tenho um de couro que é o meu xodó. Provavelmente a peça que eu mais uso e sem a qual eu não vivo:




E tenho este também. Esta lindeza que faz parte de meu vestuário desde 2006 e que tirei há dois dias do cabide depois de tempos sem usá-lo:



Ainda estava dentro do plástico com o qual ele voltou da lavanderia... 

Essa obsessão por sobretudos, especialmente de cores escuras, data de muitos anos. Desde que eu os vi em Arquivo X. Os agentes Mulder e Scully (olha eles sendo citados no blog novamente!) ficavam um charme de overcoats:


É bem verdade que esse estilo "quero ser cool" - por que diabos usar óculos escuros o tempo todo, mesmo em ambientes escuros e fechados? - de Matrix me incomodava bastante. Mas é imperativo falar da obra seminal dos irmãos Wachowski quando o assunto é overcoats na cultura pop. Os personagens de Matrix usavam sobretudos mais leves, um tanto quanto esvoaçantes e super estilosos por cima de seus modernos e bem característicos macacões de vinil. Com influências que vão do gótico ao cyberpunk com uma pitada de new wave, o figurino da trilogia se tornou marcante e até hoje é altamente copiado pelos nerds e geeks, seja em eventos de cosplay ou nas festas à fantasia do bairro.



Os uniformes de couro pretos foram a alternativa que Bryan Singer encontrou a fim de que seus X-Men não soassem bizarros na telona como ele pensou que soariam se trajassem figurinos inspirados nos looks dos quadrinhos. Contudo, isso apenas denunciou certa falta de imaginação do cineasta no que concerne ao visual. Singer não quis arriscar muito e optou pela sobriedade e discrição. Pouco inspirado - esteticamente falando - mas compreensível quando se leva em conta que filmes baseados em HQs vinham sofrendo com visuais bregas (durante os anos 80 e 90) e se tratavam, na época, de um terreno que precisava ser explorado com cuidado. Vale lembrar que o primeiro filme dos X-Men, lançado em 2000, revitalizou o interesse de Hollywood em transportar os heróis de quadrinhos para o cinema, além de ser considerado o principal responsável por tornar as adaptações de HQs para as telas um subgênero cinematográfico. Isto é, Singer, para não errar a mão, tomou a decisão mais segura. Embora não necessariamente original ou notável, até que os uniformes ficavam bem charmosos quando combinados com sobretudos.


Não é mesmo, Ciclope?



Não tem como falar dessa peça e não citar os icônicos Sherlock e Doctor Who. Ambos produzidos pela BBC e levando a assinatura de Steven Moffat


Sherlock em seu sobretudo distinto e elegante

O longo marron do Tenth Doctor, sonho de consumo de onze entre dez geeks

Nos quadrinhos do belga Hergé, o admirável e destemido repórter Tintin estava sempre acompanhado de seu cachorro Milu e também de seu tradicional sobretudo (que alguns juram que é amarelo... really?) que lhe dava um ar de seriedade, profissionalismo e também de desafio, no melhor estilo agente secreto. 





E os overcoats estão presentes em duas das cenas de filmes que marcaram (e praticamente definem) a minha adolescência. 

A primeira é a cena inicial de Closer: O instante em que Dan (Jude Law), caminhando pela calçada trajado em um casual sobretudo cinza, avista a misteriosa e irreverente Alice (Natalie Portman), que parece vir em sua direção, mesmo não o conhecendo. 






E a cena final de Encontros e Desencontros, quando Charlotte (Scarlett Johansson), andando pelas ruas de Tóquio, melancólica em seu overcoat preto, para ao ouvir o chamado de Bob Harris (Bill Murray). O momento do famoso sussurro que nós, espectadores, não somos autorizados a ouvir. 








Um encontro e uma despedida e belos sobretudos fazendo figuração :)

Bom inverno, boa temporada de frio e não esqueça de pegar seu casaco e beber algo adequado para essa época do ano. 

*Salut!*

12 comentários:

  1. Adorei esses sobretudos. Queria um.

    http://www.jj-jovemjornalista.com/

    ResponderExcluir
  2. Legal! sobretudo é o melhor companheiro nesse invernão =P
    faltou a galera de peaky blinders no post, mas muito boas as escolhas. Só você pra fazer um post de moda e colocar tintin <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza!
      Pois é, ainda não vi a série... tá na minha lista. Adoro o Cillian Murphy. Preciso ver com urgência!! Hahaha! Tintin não poderia faltar ;)
      Bjos!

      Excluir
  3. Acho sobretudo muito lindo! Mas nunca usei um... não sei como ficaria, porque eu sou baixinha hahaha

    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não sou muito alta, não! hahaha, mas coloco um salto e disfarça =P
      Abraço!!!

      Excluir
  4. Eles são muito bonitos. Eu até tenho um sobretudo e não uso muito porque na minha cidade não faz muito frio. Na verdade é o oposto de Curitiba, são 360 dias de verão e 5 de inverno e é um inverno muito gelado. Mas esqueço de usar o meu sobretudo. Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem imagino como deve ser viver em um lugar em que os dias de calor superam os de frio... Não sei se me adaptaria haha!
      Obrigada pela visita e comentário ;)

      Excluir
  5. Como eu queria frio nos 365 dias aqui no Rio. Ou pelo menos as quatro estações certinhas, não só na teoria, sabe? Quer trocar de lugar? hahaha ;-)
    Também amo sobretudo. Fica tão elegante, né? Mas como eu sou pequenininha, prefiro aquele trench coat, sabe? E adorei os modelitos dos filmes, seriados e tal que você selecionou. Homem fica tão bem com essa peça, né?? Meu preferido: do Jude Law (é o mais simples, mas tá tão charmoso hahaha). E adorei o da Scarlett também!! ^^

    Beijos,
    Carol
    www.pequenajornalista.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bora trocar por um tempo o/ hahaha
      Eu adoro trench coats também. Estava com o meu agora há pouco.
      Concordo! Homens ficam extremamente charmosos de sobretudo. E Jude Law é sempre um charme. O sobretudo foi só mais um toque de elegância hehe!
      Bjks!

      Excluir
  6. O sobretudo é tudo de bom! Fica lindo e esquenta bastante.

    Bjos e uma boa semana,
    http://www.dmulheres.com.br/

    ResponderExcluir