Páginas

domingo, 14 de setembro de 2014

[Filme aos domingos] Elefante


Baseado em fatos reais, Elefante narra a história de dois jovens que, cansados de aceitar passivamente o bullying de que são vítimas na escola, revoltam-se, encomendam armas, e retornam ao colégio armados da cabeça aos pés para executar friamente diversos alunos. Antes disso, porém, enquanto ambos aguardam a chegada de suas armas em casa e planejam o assassinato em massa, Gus Van Sant registra um dia comum na vida de alguns dos estudantes que frequentavam o colégio. Os estereótipos mais tradicionais de high-school movies americanos aparecem na tela e pedem nossa atenção: as patricinhas, o atleta, a garota impopular e que tem problemas com a própria aparência. A câmera nas costas dos personagens os segue pelos corredores do colégio como se eles fossem alvos, de uma maneira quase traiçoeira. A natureza violenta dos dois jovens assassinos não é justificada por conta da influência de jogos de videogame ou simpatia com Hitler que ambos demonstram em determinados momentos do filme. Estes artifícios não são utilizados para explicar seus comportamentos e, sim, como uma espécie de escape ou hobby que eles possuem, talvez até mesmo para aplacar as suas frustrações. Van Sant se preocupou tanto em dar uma atmosfera documental para sua obra que o seu elenco é composto realmente por estudantes de uma escola situada em Portland e, para dar mais realismo, eles utilizam os próprios nomes. O que torna a obra crível e o resultado ainda mais impactante do que seria se fosse com atores conhecidos e nomes fictícios. Van Sant equilibra certa sutileza e elegância na abordagem e forma (especialmente quando narra os antecedentes do crime) com a brutalidade e crueza do conteúdo. Excelente filme de um diretor que por vezes tropeça em sua carreira, mas que faz filmes memoráveis, representativos e de qualidade narrativa e visual inquestionáveis para compensar seus equívocos. Quando Van Sant acerta, faz um filme como Elefante, digno de revisitas.

2 comentários:

  1. obrigada por me lembrar desse filme, faz muiiiito tempo que quero assistir.
    vc escreve suuuper bem, parabéns! :)

    ResponderExcluir
  2. Céus, ainda não arrumei tempo para assistir esse. Tantos filmes, tão pouco tempo...

    Passando para conferir, não é que temos mesmo coisas em comum, meu blog era bem assim quando comecei...

    Continue o bom trabalho!! :)

    ResponderExcluir