Páginas

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

[Meus escritos] Instante, constante


Eu fico na esperança de que tudo vai passar... 
... mas não passa. 
É tão constante quanto o ponteiro de um relógio. 
E tão compassado quanto.
Segue no mesmo ritmo.
Linear. 
Nem mais forte, nem mais fraco.
Nem melhor e nem pior. 
Apenas a mesma dor. 

(2012)

2 comentários:

  1. nem tudo na vida passa rápido, as vezes nós temos que viver situações difíceis que nos causam dor, é a melhor forma de se obter aprendizado nessa vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lilly, seu comentário foi tão lindo e tão preciso que estou quase editando o post para adicionar o que você escreveu hahaha <3

      Excluir